Demência Frontotemporal

DFT

A Demência Frontotemporal é uma doença degenerativa do Sistema Nervoso Central que acomete as regiões anteriores do cérebro e que se caracteriza principalmente por alterações do comportamento.

A Demência Frontotemporal é uma causa pouco frequente de demência, de uma maneira geral. Porém, nos casos de demência que se iniciam antes de 65 anos a Demência Frontotemporal tem uma importância maior.

A doença geralmente se inicia em indivíduos com idade entre 40 e 60 anos.

Os primeiros sintomas são:
– Desinibição (cumprimentar pessoas estranhas na rua, andar sem roupa pela casa, falar coisas impróprias na frente de estranhos)
– Apatia (falta de iniciativa, de interesse)
– Atos motores repetitivos (abrir e fechar gavetas, ouvir a mesma música repetidas vezes) – Colecionar objetos inúteis (por exemplo, lixo)
– Impulsividade
– Dificuldade em planejar e executar as tarefas do dia a dia

O diagnóstico começa a ser feito por meio da história clínica e do exame neurológico.
Depois são aplicados testes para avaliação cognitiva e solicitados alguns exames.

Infelizmente, ainda não há tratamento disponível para a cura da doença. Os medicamentos utilizados servem para o controle dos sintomas comportamentais.
Existem muitas pesquisas sendo realizadas em busca do tratamento curativo em todo o mundo.

Sobre neurologiarecife

Dr. Igor Bruscky Médico Neurologista em Pernambuco
Esse post foi publicado em Demência Frontotemporal e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s