Dificuldade de memória após AVC

memoria

O comprometimento cognitivo vascular é o termo empregado para descrever toda dificuldade na esfera do funcionamento mental que ocorre após um acidente vascular cerebral (AVC). Esse domínio implica a habilidade de sentir, pensar, perceber, lembrar, raciocinar, formar estruturas complexas de pensamento e a capacidade de produzir respostas às solicitações e estímulos externos. É um conjunto de sintomas que afeta diretamente a qualidade de vida da pessoa.

É a segunda causa de demência na população idosa. À medida que as pessoas envelhecem, a capacidade de recuperarem-se de eventos negativos da vida adquire maior importância, ao mesmo tempo em que aumentam os riscos de perdas biológicas, cognitivas, motivacionais e sociais.

Está relacionado aos fatores de risco para AVC, como hipertensão arterial, diabetes, arritmias cardíacas, aterosclerose, colesterol ou triglicerídeos altos, tabagismo e obesidade.

O quadro pode se instalar de forma abrupta após um AVC ou de forma mais insidiosa e progressiva (podendo ser confundido com a doença de Alzheimer), comprometendo a região mais profunda do cérebro. Nem sempre a alteração de memória é o que vai chamar mais atenção.

Existem medicações que podem melhorar os sintomas. Prevenção ainda é o melhor remédio!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s